Palmeiras defende consistência na Libertadores diante do Atlético

autor:qual melhor jogo da blaze fonte:o jogo cash slots paga mesmo Navegar: 【grandemeioPequeno】 hora de lançamento:2023-09-22 08:29:42 Número de comentários:
  • Estadão Conteúdo
  • 09/08/2023 09:18
Palmeiras defende consistência na Libertadores diante do Atlético
| Foto: Atila Alberti/UmDois Esportes

Palmeiras e Atlético Mineiro decidem nesta quarta-feira, no Allianz Parque, às 21h30, quem estará nas quartas de final da Copa Libertadores. Diferentemente do que ocorreu em 2021 e em 2022, quando houve empate nos quatro duelos, neste ano o time alviverde saiu na frente ao ganhar no Mineirão o primeiro dos dois jogos.

A vitória por 1 a 0 em Belo Horizonte permite que o Palmeiras jogue pelo empate em sua casa para garantir vaga nas quartas de final, o que acontece sequencialmente desde 2018. O Atlético precisa ganhar por dois gols de margem para se classificar. Triunfo da equipe mineira por um gol de diferença força a disputa de pênaltis. Estará no caminho de quem avançar Independiente del Valle, do Equador, ou Deportivo Pereira, da Colômbia, que também se enfrentam nesta quarta.

+ Confira a tabela completa da Libertadores

Como está fora da Copa do Brasil e distante 13 pontos do Botafogo, líder do Brasileirão, o Palmeiras, que ganhou seus últimos oito jogos das oitavas, joga todas as suas fichas na competição continental, na qual busca ser o primeiro clube brasileiro tetracampeão. É o mesmo pensamento do Atlético, campeão uma única vez, em 2013.

Depois de encerrar um jejum de dez jogos sem vitória, ao derrotar o São Paulo por 2 a 0 no último domingo, o time mineiro ganhou confiança e a promessa é de que seja mais competitivo do que vinha sendo. O clube perdeu só um de seus últimos 17 jogos fora de casa no campeonato sul-americano. A derrota foi justamente na última vez que visitou um rival brasileiro no torneio: 2 a 1 para o Athletico Paranaense na fase de grupos da atual edição.

"Nós vamos ter dificuldades, sim, respeitamos, o Palmeiras é muito bom, mas vai ter dificuldades. Acredita em mim", disse Luiz Felipe Scolari, histórico treinador de seu adversário desta quarta e uma das referências de Abel Ferreira.

O português viu sua equipe, escalada com alguns reservas, ser derrotada pelo Fluminense no sábado passado. O entendimento do treinador é de que o revês no Brasileirão não impactou o elenco.

A avaliação de Abel é que, mesmo com um plantel curto, que não foi reforçado na janela de transferências fechada há menos de uma semana, é possível ir longe na Libertadores. "Meus jogadores são os melhores", disse o técnico, que reforçou a vertente copeira do Palmeiras no torneio continental. Ele deve repetir a escalação que ganhou dos mineiros há uma semana em Belo Horizonte.

"A atmosfera vai estar a nosso favor e, no final do jogo, quem sabe, a gente possa usar essa vantagem e possa se classificar", comentou Raphael Veiga, autor do gol no Mineirão que garantiu a vantagem palmeirense.

Felipão não terá o argentino Zaracho, que lesionou o músculo posterior da coxa esquerda na primeira partida. Hyoran deve ser o substituto. Igor Gomes e Patrick são outras alternativas.

"O Palmeiras tem a vantagem em números no Allianz. Pode ter alguma situação que vá nos fazer pensar em determinado momento do jogo e fazer alguma coisa diferente, mas em princípio vamos manter mais ou menos o grupo que temos aqui ou que iniciou a partida", adiantou o veterano treinador.